Delegado vai evitar reconstituição na Ponte da Amizade

O delegado federal de Foz do Iguaçu Marcos Paulo Pimentel quer evitar a reconstituição da tentativa de fuga de Carlos Eduardo Sundfeld Nunes na Ponte da Amizade. O estudante foi preso ao tentar entrar no Paraguai, no domingo à noite. "Colhemos depoimentos para ver se excluímos a reconstituição, em razão do tumulto que pode ocorrer", afirmou Pimentel. Ele investiga a tentativa de homicídio atribuída a Nunes. De acordo com Pimentel, o resultado positivo de uso de maconha do exame toxicológico não altera as investigações.

Evandro Fadel, O Estadao de S.Paulo

19 Março 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.