Delegado tem R$ 5 mil furtados de seu gabinete

O delegado Márcio Franco, titular do Departamento Geral de Polícia Especializada, teve R$ 5 mil furtados na semana passada de uma gaveta de seu gabinete, no 7.° andar do prédio da Chefia de Polícia Civil, na região central do Rio. A principal suspeita é uma funcionária terceirizada do serviço de faxina. O caso foi registrado na 5.ª Delegacia (Mem de Sá) e a suspeita já foi interrogada. O delegado nega que o episódio tenha exposto a fragilidade da sede da Polícia Civil. "É um prédio como qualquer outro", disse.

, O Estado de S.Paulo

20 Julho 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.