Delegado que agrediu cadeirante é denunciado

O Ministério Público em São José dos Campos ofereceu, anteontem, denúncia ao juiz da 4.ª Vara Criminal da cidade contra o delegado da Polícia Civil Damasio Marino. No último dia 17, o delegado ocupou com seu carro uma vaga destinada a deficientes físicos, no estacionamento de um cartório. Após o cadeirante Anatole Magalhães Macedo Morandini ter reclamado pela ocupação indevida, o delegado teria sacado sua arma e agredido a coronhadas o cadeirante. Marino é acusado pelos crimes de injúria, ameaça e lesão corporal dolosa, todos agravados por abuso de autoridade e violação de dever inerente ao cargo, praticados contra Morandini.

, O Estado de S.Paulo

29 Janeiro 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.