Delegado instaura inquérito e apura caso de Santos

O delegado titular do 1º Distrito Policial de Santos, Alexandre Aranha, instaurou inquérito para investigar a ação dos policiais militares que culminou na morte do estudante Bruno Vicente de Gouveia e Viana, de 19 anos, e em ferimentos em uma adolescente de 15 e em um jovem de 20 durante abordagem no Morro do São Bento, na madrugada de quinta-feira. O Gol em que estavam a vítima, os feridos e mais três jovens foi alvejado por mais de 25 tiros após o motorista fugir de uma abordagem policial.

O Estado de S.Paulo

21 Julho 2012 | 03h02

O delegado não descarta a possibilidade de reconstituir a ação, com base nas informações dos policiais e dos sobreviventes.

O estudante Bruno foi enterrado na manhã de ontem no Cemitério da Filosofia, no bairro do Saboó. Logo após o enterro, um grupo de amigos e vizinhos do estudante, com camisetas que estampavam a foto de Bruno, fez uma manifestação, pedindo justiça na apuração. / ZULEIDE DE BARROS, ESPECIAL PARA O ESTADO

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.