Delegado é morto por criminosos do Rio

PONTAL DO PARANÁ

, O Estado de S.Paulo

25 de agosto de 2010 | 00h00

O delegado de Pontal do Paraná, litoral paranaense, José Antônio Zuba de Oliva, de 47 anos, e o servidor público Adilson da Silva, de 42, foram mortos ontem de manhã quando checavam denúncia sobre homens armados em um camping no Balneário Shangri-lá. As armas de duas investigadoras foram roubadas. Oito homens participaram da ação. Francisco Diego Vidal Coutinho, de 20, que fugiu de uma delegacia de Niterói, foi preso e confessou o crime. Foragidos de Bangu 4 estão entre os suspeitos.r causa de outro processo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.