Delegado é afastado por denúncia de tortura

A chefe da Polícia Civil do Rio, Martha Rocha, decidiu ontem substituir o titular da 10.ª DP (Botafogo) e afastar cinco policiais. Eles são suspeitos de torturar o funcionário de um ferro-velho no dia 24. A vítima era pressionada a identificar dois homens como fornecedores de peças de carros roubados. O rapaz levou o caso à corregedoria da polícia e disse que os policiais feriram seus órgãos sexuais.

, O Estado de S.Paulo

02 de abril de 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.