Delegado cai após dizer que evita Linha Vermelha, onde houve arrastão, por medo

RIO

, O Estado de S.Paulo

07 de abril de 2011 | 00h00

A chefe da Polícia Civil fluminense, Martha Rocha, exonerou no começo da noite de ontem o delegado titular da 64.ª DP (São João de Meriti), Altair Queiroz. Ela ficou irritada com o fato de Queiroz ter dito em uma entrevista que não passa à noite pela Linha Vermelha - uma das principais vias da região metropolitana do Rio - porque é muito perigoso.

A declaração de Queiroz foi feita durante uma entrevista sobre o arrastão na avenida, na noite de anteontem.

Bandidos armados de pistolas e fuzis abordaram vários carros na Linha Vermelha. Entre as vítimas estavam policiais que foram identificados pelos criminosos e reagiram. Houve troca de tiros e pânico. A quadrilha fugiu a pé com os objetos roubados. Ninguém foi preso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.