Delegacia é incendiada após morte de presa

Moradores de Boa Vista do Gurupi, no Maranhão, invadiram e incendiaram uma delegacia no sábado depois de saberem que uma das detentas foi espancada e morta. Eliane Barros Macedo, de 18 anos, que estava presa por abandono de incapaz, morreu após ser agredida pelas companheiras de cela e o carcereiro teria se recusado a abrir o local para ajudá-la. Os moradores colocaram fogo na delegacia e em um carro da polícia. Os 20 presos fugiram, mas dez já se entregaram. Três pessoas foram presas por vandalismo.

O Estado de S.Paulo

22 de maio de 2012 | 03h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.