Deic prende quadrilha acusada de aplicar golpe do empréstimo

Um despachante era responsável por fazer a documentação falsa e duas mulheres assumiam essas identidades

Fabiana Marchezi , estadao.com.br

02 de setembro de 2008 | 17h08

Policiais da Delegacia de Repressão a Estelionato do Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic) prenderam, na tarde de segunda-feira, 1º, três supostos integrantes de uma quadrilha de golpistas. A especialidade do grupo é conseguir empréstimos utilizando em nomes de aposentados. Uma das envolvidas, a dona de casa Maria Aparecida de Jesus Faria, de 68 anos, foi detida quando recebia o dinheiro em um banco na Avenida São João, no centro de São Paulo.   Veja também: Dupla acusada de clonar cartões é presa em São Paulo   Além de Maria Aparecida, a equipe deteve a vendedora Lilian Rodrigues Lioncio, de 42 anos, e o despachante Almir Bispo dos Santos, de 54. Ele tinha como função conseguir o nome "quente" de um aposentado. O acusado levantava os dados pessoais, inclusive se tinha problema de crédito. As duas mulheres assumiam a identidade para realizar as transações.   Ainda segundo o Deic, os policiais continuam à procura de uma mulher identificada como Lia. Ela seria responsável por confeccionar a documentação falsa. Os três presos foram autuados por estelionato e formação de quadrilha.   As prisões aconteceram quando a equipe que monitorava esse tipo de atividade recebeu informação sobre um novo ataque. Maria Aparecida tentava retirar o empréstimo em uma instituição bancária utilizando o nome de Maria Barbosa de Araújo. Ela percebeu a chegada dos policiais e avisou os parceiros. Mas todos os envolvidos acabaram cercados e presos.

Tudo o que sabemos sobre:
Deicgolpeempréstimo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.