Deic prende corretor acusado de clonar carros em São Paulo

Para polícia, Rodolpho André Demarchi é especialista em adulterar documentos para legalizar carros roubados

Elvis Pereira, estadao.com.br

10 de julho de 2008 | 19h24

A Delegacia de Repressão a Roubos e Extorsões, ligada ao Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic), prendeu na manhã desta quinta-feira, 10, o corretor de imóveis Rodolpho André Demarchi, de 46 anos, acusado de clonar veículos. Ele o motoboy Luiz Carlos Salvador Lima, de 24 anos, suspeito de envolvimento no crime, foram encontrados numa casa na Rua Santa Francisca, na Vila Jaguara, zona oeste de São Paulo.   A polícia apurou que Demarchi era especialista em adulterar documentação para legalizar veículos roubados. Na residência onde ele estava, havia um Civic, roubado em novembro do ano passado em Perdizes, e um Ka, supostamente adquirido por meio de fraude. Segundo o Deic, a documentação do Civic foi feita com impressos furtados da Circunscrição Regional de Trânsito (Ciretran) de Joinville, em Santa Catarina. Demarchi e Lima acabaram autuados por receptação e falsificação de documento particular.

Tudo o que sabemos sobre:
CiretranDeiccarrosSão Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.