Deficiente é agredido pela madrasta e sofre traumatismo em Itu

Menino de 6 anos está internado em estado grave após ser atingido por golpes de martelo enquanto dormia

José Maria Tomazela, de O Estado de S. Paulo,

07 de dezembro de 2009 | 15h27

Um menino de seis anos, portador de deficiência, foi agredido com golpes de martelo na cabeça pela madrasta, neste domingo, 6, em Itu. Ele sofreu traumatismo craniano e permanecia internado nesta segunda, em estado grave, num hospital da cidade.

 

De acordo com a Polícia Civil, a criança estava dormindo quando a madrasta o atacou. Depois de golpeá-lo, ela o enrolou num edredon e pediu ajuda a vizinhos, alegando que tinha sido vítima de um assalto. O pai do menino estava viajando.

 

A versão de que um casal entrou na casa e agrediu seu enteado foi rapidamente desmontada pelos policiais. A mulher, que não teve o nome divulgado, foi presa em flagrante e levada para a Cadeia Feminina de Votorantim. Ela vai responder pelo crime de tentativa de homicídio.

Tudo o que sabemos sobre:
SPItu

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.