Defesa vai admitir maus-tratos a criança

PROCURADORA ACUSADA

, O Estado de S.Paulo

24 de junho de 2010 | 00h00

A defesa da procuradora aposenta Vera Lúcia Sant"Anna Gomes, de 67 anos, acusada de torturar uma menina de 2 anos que pretendia adotar, vai assumir que ela pode ter maltratado a criança. A intenção do advogado Jair Leite Pereira é livrar a ré da condenação por tortura (pena de 2 a 8 anos de prisão) e mudar a acusação para maus-tratos (até 1 ano).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.