Rahel Patrasso/Frame
Rahel Patrasso/Frame

Defesa pede liberdade para jovem que atropelou três na Juscelino Kubitschek

Estudante não tinha CNH e perdeu o controle do veículo, que subiu na calçada da avenida

Priscila Trindade, estadão.com.br

17 Outubro 2011 | 17h32

SÃO PAULO - A defesa do estudante Nacib Mohamed Orra, de 20 anos, preso após atropelar três pessoas na Avenida Juscelino Kubitschek, zona sul de São Paulo, apresentou um pedido de liberdade provisória à Justiça, na manhã desta segunda-feira, 17.

O acidente aconteceu no domingo, quando o motorista perdeu o controle da direção, subiu na calçada e atingiu Meire Miranda, Ricardo Moreira e Felipe Fatore, que estavam num ponto de ônibus, aguardando transporte para voltar para casa.

O casal atingido tem estado de saúde estável e segue internado. Fatore, de 20 anos, teve fratura exposta no pé e perdeu parte de um dedo. Ele foi liberado na manhã de domingo, quando prestou depoimento.

Orra não possuía carteira nacional de habilitação (CNH) e foi preso em flagrante por lesão corporal grave dolosa. O jovem negou-se a prestar depoimento, optando pelo direito de falar somente em juízo. Segundo a polícia, o rapaz disse informalmente que pegou o carro dos pais sem autorização e consumiu, momentos antes do acidente, três doses de uísque.

Mais conteúdo sobre:
trânsito atropelamento liberdade

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.