Defesa Civil decreta estado de atenção por baixa umidade do ar em SP

Umidade relativa do ar estava em torno de 29% durante a manhã

Priscila Trindade, estadão.com.br

17 de agosto de 2011 | 10h43

SÃO PAULO - A Coordenadoria Municipal de Defesa Civil de São Paulo decretou estado de atenção para toda a cidade na manhã desta quarta-feira, 17, após a umidade relativa do ar ficar em torno de 29 %, segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), órgão da Prefeitura.

 

A recomendação da Defesa Civil é de que a população evite exercícios físicos ao ar livre entre 11 e 15 horas; umidifique o ambiente com vaporizadores, toalhas molhadas, recipientes com água, entre outros; sempre que possível permanecer em locais protegidos do sol, em áreas arborizadas e consumir bastante água.

 

A Defesa Civil fica em observação ininterruptamente para avaliar a necessidade da decretação dos estados de acordo com os índices da umidade relativa do ar, que é monitorado pelo CGE. Após o estado de atenção, existe o estado de alerta, quando a umidade do ar está entre 19 e 12% e emergência, quando o índice está abaixo de 12%.

Notícias relacionadas

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.