Epitácio Pessoa/Estadão
Epitácio Pessoa/Estadão

Defesa Civil confirma 13ª morte em Itaoca; 13 pessoas estão desaparecidas

O corpo de Iago Henrique da Mota, de 4 anos, um dos desaparecidos, foi encontrado no Rio Ribeira

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

15 Janeiro 2014 | 18h54

A Defesa Civil confirmou, no final da tarde desta quarta-feira, 15, a morte de 13 pessoas por causa das chuvas em Itaoca, no interior de São Paulo. Outras 13 pessoas estariam desaparecidas, elevando para 26 o número de possíveis vítimas. O corpo de Iago Henrique da Mota, de 4 anos, um dos desaparecidos, foi encontrado no rio Ribeira, em Iporanga. Familiares foram chamados e o reconheceram.

Outro corpo, ainda não identificado, está no Instituto Médico Legal (IML) de Registro. A família de Luciano Rodrigues dos Santos, possível vítima das enchentes, deve chegar na noite desta quarta na cidade para a confirmação. Havia informação de mais pessoas tidas como desaparecidas à espera de checagem.

Limpeza. Na área urbana, a parte da cidade não atingida tenta voltar ao normal. Na parte alta não há casas destelhadas, nem lama pelas ruas. O comércio abriu as portas e os moradores se engajam como voluntários para ajudar os flagelados.

Cerca de 100 casas e estabelecimentos comerciais foram afetados e 19 ruíram completamente. Mais de trezentas pessoas continuam desalojadas e 20 estão abrigadas em uma escola estadual. Lojas, mercearias, açougues e residências caíram ou estão tomadas por lama e entulho. Máquinas e tratores removem a lama e o asfalto é lavado. A base da Polícia Militar e o único cartório de notas e registro civil da cidade também foram tomados pelo barro.

Solidariedade. Uma corrente de solidariedade ameniza o sofrimento das famílias. Carros com alimentos, água, cobertores, colchões e roupas chegam de todas as partes. Vinte jovens de Apiaí desceram em caravana, no final da tarde desta terça, para ajudar nos trabalhos braçais. O comerciante João Slompo, de 26 anos, de Apiaí, fez duas viagens de picape levando bens doados e água, e preparava uma terceira para levar fraldas e pão. No bairro Lajeado, a dona de casa Antonia de Oliveira Rosa, de 62 anos, cruza a pé o rio Palmital - a ponte foi levada pelas águas - para pegar caixas com lanches e mantimentos.

O material está sendo distribuído na escola do bairro, que virou ponto para entrega de doações. As doações também estão sendo encaminhadas para órgãos públicos regionais, como o Hospital Regional de Pariquera-Açu, o Laboratório Regional de Registro e o Hospital Municipal de Apiaí. As prefeituras de Apiaí, Guapiara, Ribeira e Iporanga também recebem alimentos não perecíveis, água embalada, cobertores e agasalhos.

A Secretaria da Saúde do Estado enviou mais uma equipe com médico e enfermeiras com vacinas e remédios para atender a população. A Cruz Vermelha está na cidade com 14 integrantes, divididos em equipes de enfermeiros, socorristas e de ajuda humanitária.

Lista dos mortos, segundo a Polícia Civil (atualizada até 18h15):

1-William Henrique Oliveira, 13 anos

2-Michele Pontes Vieira, 19 anos

3-Kaoma Emanuelle Oliveira dos Santos, 2

4-Silvano dos Santos, 39

5-Odair José de Oliveira, 36

6-Roseli Gonçalves de Freitas Mota, 30

7-Nayara Lorrana de Souza Oliveira Mota, 11 anos

8-Letícia Freitas Mota de Oliveira, 12 anos

9-Lenita de Oliveira Mota Santana, 53 anos

10-Adelina de Oliveira Mota, 43 anos

11-Valquiria Custódio Pontes da Mota, 43 anos

12-Iago Henrique Mota de Oliveira, 4 anos

13-Homem não identificado. A Polícia acredita tratar-se de Luciano

Rodrigues dos Santos, de 25 anos.

Lista dos desaparecidos, segundo a Polícia Civil:

1-Maikon de Oliveira Freitas Mota, 13 anos

2-Luana Mota de Oliveira, 5 anos

3-Heder Souza de Oliveira Mota, 16 anos

4-José Gonçalves da Mota Neto, 5 anos

5-Adacy José dos Santos, 75 anos

6-Arlindo de Jesus Silva, 39 anos

7-Samuel dos Santos Cardoso, 15 anos

8-Deocleciano José da Rocha, 75 anos

10-Ziza Maria Dantas Martins dos Santos, 44 anos

11-Camila Carla Barbosa Franco, 15 anos

12-Marco Fabricio Schward

13-Suelen dos Santos, 9 anos

Duas pessoas feridas estão hospitalizadas:

1-Dimas de Oliveira Mota, 45 anos

2-João Vitor de Oliveira, 14 anos

Mais conteúdo sobre:
Itaocachuvas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.