Defensoria tenta barrar demolição de casas em Guarapiranga

A Defensoria Pública do Estado entrou com ação civil pública na Justiça, nesta quarta-feira, 29, contra a Prefeitura de São Paulo, para anular a Ordem Interna nº 1, publicada neste ano, que orienta a Guarda Civil Metropolitana Ambiental a demolir casas na região da Represa Guarapiranga sem ordem judicial.   A Subprefeitura da Capela do Socorro iniciou o processo de demolição em 97 casas do Jardim Gaivota, na zona sul. Moradores apontam abuso de autoridade e violência na operação. A demolição das casas começou de manhã e se estendeu até o fim da tarde. A Prefeitura alega que as construções foram feitas há menos de um ano e que os moradores já sabiam da irregularidade. Em julho, foram comunicados para que se retirassem do local.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.