Defensor rejeita uso em audiências

Parceira do Depen, a DPU vê com restrições a adoção da mesma tecnologia para audiências. "É possível que haja certo prejuízo para a defesa, em razão da distância, da necessidade de o defensor olhar no olho do juiz", diz Haman Córdova. /R.M.M.

O Estado de S.Paulo

31 Março 2013 | 02h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.