Decretada prisão de suspeito de assassinato

A Justiça decretou ontem a prisão temporária por dez dias do suspeito de envolvimento no assassinato do universitário Júlio César Grimm Bakri, de 22 anos, na quarta-feira. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, o homem, de 24 anos, é funcionário público e foi reconhecido por testemunhas. Ele já está detido. Outro estudante também baleado, Christopher Tominaga, de 23 anos, está em estado grave.

, O Estado de S.Paulo

27 Fevereiro 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.