Declarada ilegal, greve de policiais continua

Reconhecida como ilegal pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco, a greve dos policiais civis, iniciada anteontem, continua pelo menos até amanhã, quando haverá assembleia. O Sindicato dos Policiais no Estado anunciou que vai recorrer da decisão, que impôs pagamento de multa diária de R$ 20 mil em caso de descumprimento. Policiais reivindicam reajuste de 65% e melhoria de condições de trabalho. O governo diz estar cumprindo acordo que prevê reajuste de 47% até 2014 e ameaçou cortar o ponto de grevistas.

O Estado de S.Paulo

25 Julho 2012 | 03h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.