Declaração de Lula revolta parentes

Familiares das vítimas do acidente com o voo TAM JJ3054, em 2007, ficaram "revoltados" com a declaração do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que disse anteontem que o governo foi "condenado à forca em 24 horas" e "ninguém teve sensibilidade de pedir desculpas". "Quem deve se desculpar é o governo, que condecorou diretores da Anac logo após o acidente", rebateu Dario Scott, da associação de parentes.

, O Estado de S.Paulo

29 Dezembro 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.