Decisão sobre júri para acusados de matar Mércia sai em novembro

Local do julgamento também deverá ser decidido em audiência no dia 10 novembro

Luciana Fadon Vicente, Central de Notícias

27 de outubro de 2010 | 13h37

SÃO PAULO - O Tribunal de Justiça de São Paulo terá nova audiência no próximo dia 10 de novembro sobre o assassinato da advogada Mércia Nakashima, quando será decidido se o policial aposentado Mizael Bispo de Souza e o vigia Evandro Bezerra da Silva serão levados a júri popular. Será decidido também nesta audiência se o caso será julgado no Fórum de Nazaré Paulista ou Guarulhos.

 

Veja também:

linkMizael não explica ligações e diz que fará 'investigação própria'

linkDados de celular tiram Mizael da cena do crime, diz defesa

linkFlanelinha diz ter visto Mizael em carro igual ao achado com corpo

linkAlga no sapato de Mizael é igual à de represa onde Mércia estava, diz perito

especialCobertura completa do caso Mércia

 

Os depoimentos sobre o caso foram colhidos em audiência realizada semana passada no Fórum Central de Guarulhos. O juiz Leandro Jorge Bittencourt Cano ouviu os dois acusados, os irmãos de Mércia, Cláudia e Márcio Nakashima, assim como outras testemunhas - de acusação, defesa e juízo.

 

Mércia, ex-namorada de Mizael, foi assassinada no dia 23 de maio. Seu corpo foi encontrado na Represa de Nazaré Paulista, em 11 de junho. Laudo do Instituto Médico Legal apontou que ela morreu afogada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.