Decisão não ameaça construção da Linha 20-Rosa

A construção de uma linha de metrô passando pela Avenida Brigadeiro Faria Lima não será ameaçada pela decisão da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), segundo disse ontem o secretário de Estado dos Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes.

O Estado de S.Paulo

04 de agosto de 2012 | 03h02

O governo do Estado publicou ontem um aviso para o mercado em que convoca interessados a apresentar projetos para a construção da Linha 20-Rosa do Metrô, que ligará a Lapa, na zona oeste, a Moema, na zona sul, passando pela Faria Lima. A publicação estava prevista antes de a CVM barrar a expansão da Operação Urbana Faria Lima. Anteriormente, o governo acreditava que teria cerca de R$ 1 bilhão da Prefeitura para construir a linha.

O projeto vencedor do convite de ontem fará a modelagem econômica de uma Parceria Público-Privada (PPP) para a linha. Fernandes diz que o ramal tem forte potencial para ser explorado pelo mercado imobiliário: com a demanda prevista de 600 mil passageiros por dia, as estações poderiam ser complexos subterrâneos e interligados, com centros de compras e espaços para escritórios na área da Faria Lima.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.