Decisão do TJ-SP proíbe metalúrgicos de bloquear Rodovia Anchieta

Descumprimento da decisão judicial custará multa de R$ 1 milhão aos sindicatos

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

08 Julho 2011 | 06h08

SÃO PAULO - Uma decisão da 3ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP) proíbe os sindicatos dos metalúrgicos de São Paulo e do Grande ABC de utilizar, no protesto marcado para a partir das 7h30 de sexta-feira, 8, as faixas de rolamento da Rodovia Anchieta, assim como os acessos, acostamentos, pontes e viadutos e quaisquer edificações, inclusive praças de pedágio, sob pena de multa diária de R$ 1.000.000,00.

 

As informações são da Polícia Militar e foram divulgadas pelo coronel Roberval Ferreira França, comandante do Policiamento de Área Metropolitano VI (CPAM-6), responsável pelo policiamento na região do Grande ABC. A justiça deferiu liminar impetrada pela concessionária Ecovias, que administra o Sistema Anchieta-Imigrantes.

 

Em nota, a PM afirma que a corporação "estará presente com o emprego de policiamento ostensivo na rodovia e imediações, com o objetivo de preservar a ordem pública e garantir o direito de circulação dos usuários da Rodovia".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.