David Uip assume secretaria e diz que saúde não combina com política

Ele deu a declaração ao ser questionado sobre o impacto do programa "Mais Médicos", do governo federal

Fernanda Bassette, O Estado de S. Paulo

05 de setembro de 2013 | 12h59

O médico infectologista David Uip tomou posse hoje pela manhã como novo secretário de Estado da Saúde de São Paulo no Palácio dos Bandeirantes, na capital, afirmando que “saúde não combina com política, saúde combina com política pública” ao ser questionado sobre o impacto do programa “Mais Médicos”, do governo federal.

Em uma cerimônia com mais de 800 pessoas, disse que gestão será marcada pelo “cuidar de gente” e confirmou que há projetos para ampliar o programa de residência médica do Estado, a fim de ampliar a formação de médicos especialistas. 

Conforme antecipado pelo Estado na edição do último sábado, o programa, que vem sendo chamado de “Mais Residentes”, seria uma resposta ao programa federal, e reforçaria o contingente atual de 7 mil profissionais em formação no Estado (o que representa metade do total do País). “É uma forma de qualificar o serviço”, disse Uip. “Vamos investir em algumas especialidades, como pediatria e ortopedia. Residência não é mão de obra barata, é treinamento intensivo.”

O secretário afirmou também que uma de suas primeiras ações será visitar pessoalmente alguns hospitais do Estado para identificar problemas, entre eles os hospitais gerais de São Mateus, de Ferraz de Vasconcelos, de Taipas e o de Bauru. 
Uip substitui o médico e professor Giovanni Guido Cerri, que estava na pasta desde o início do governo, em 2011. 

Diretor do Instituto Emílio Ribas, Uip se aproximou do PSDB no fim dos anos 90 quando tratou do câncer do então governador Mário Covas. Com um perfil mais combativo, Uip é visto como mais preparado para enfrentar o debate sobre o programa “Mais Médicos” do governo federal e defender a pasta de eventuais ataques do PT.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.