''Daqui a pouco vai estar lotado de baratas e ratos''

A loja Monia, especializada em moda evangélica, abre as portas às 8h30, quando o caminhão de lixo já passou pelo novo horário estabelecido pela Prefeitura. O jeito foi despachar os sacos de detritos no final do expediente por meio de um utilitário para a filial do Brás, onde a coleta ainda é noturna.

Luísa Alcalde, O Estado de S.Paulo

30 Dezembro 2010 | 00h00

"Nos dias em que o veículo não vem, estocamos os sacos na loja durante a noite. Daqui a pouco vai estar lotado de baratas e ratos", diz Rose Marques, caixa.

O comerciante Shalom Samoggi, dono da loja Pirulito Mágico, conta que ele mesmo leva os sacos de lixo para uma rua do Bom Retiro, onde a coleta ainda é noturna, depois que o caminhão que deveria passar durante a manhã não apareceu para fazer o serviço durante três dias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.