'Da água para o champanhe'

Perfil de Daniel Pellegrine, músico conhecido como MC Daleste

O Estado de S.Paulo

08 de julho de 2013 | 02h02

O funkeiro Daniel Pellegrine, de 20 anos, conhecido como MC Daleste, começou sua carreira na zona leste de São Paulo. Aos 16, ele compôs seu primeiro funk usando um computador em uma lan house da periferia da cidade.

Entre as músicas mais conhecidas do cantor estão Mais amor, menos recalque, Angra dos Reis e Todas as Quebradas. Todas eram colocadas em vídeos no YouTube e tinham milhões de acessos.

Com o sucesso, sua agenda de shows ficou intensa. Ele fazia cerca de 40 shows por mês, cobrando R$ 5 mil por evento, o que garantia um faturamento mensal de cerca de R$ 200 mil.

"Minha vida mudou da água para champanhe", disse em março ao Estado, antes de entrar no Porsche Cayenne que leva sua trupe para suas apresentações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.