Curto-circuito assusta pedestres no Itaim-Bibi

Falha fez cabo secundário da AES Eletropaulo soltar faíscas e fumaça na Avenida Cidade Jardim; via teve de ser fechada por 40 minutos

WILLIAM CARDOSO, O Estado de S.Paulo

15 Abril 2012 | 03h02

Um curto-circuito fez parte da rede elétrica subterrânea na calçada da Avenida Cidade Jardim, no Itaim-Bibi, zona sul de São Paulo, soltar faíscas e fumaça, por volta das 16h40 de ontem. Não houve feridos, mas pessoas que passavam pelo local se assustaram e a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) teve de fechar a via por 40 minutos no sentido bairro.

A AES Eletropaulo mandou técnicos em dois carros para vistoriar a rede. A empresa afirma que, com o curto-circuito em um cabo secundário, faíscas saíram de uma tampa de serviço na altura do número 790 da avenida, perto da saída do Túnel Max Feffer e quase na frente do Empório Santa Maria.

Susto. O farmacêutico Rodrigo Bonfim, de 24 anos, trabalhava em uma farmácia a cerca de 30 metros do local e disse que o barulho assustou os pedestres. "Foram várias explosões e algumas pessoas se assustaram bastante e até andaram pelo meio da avenida. Pegou fogo no buraco, mas os bombeiros chegaram bem rápido", conta.

No entanto, segundo a AES Eletropaulo, não houve explosão. O barulho e a fumaça teriam sido causados pelo curto-circuito. "Houve um pequeno foco de incêndio, mas foi rapidamente controlado", disse o primeiro tenente Mauro Brancalhão, do Corpo de Bombeiros. A corporação também enviou duas viaturas para o local.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.