Curso para maridos ensina que diálogo resolve conflito

Desde o fim do ano passado, o juizado investe no curso de recuperação familiar montado para orientar e tratar homens agressores. São encontros com palestras, discussões e dramatizações realizados na Academia da Polícia Civil, na Cidade Universitária, zona oeste, que ensinam os réus a resolver conflitos sem violência.

, O Estado de S.Paulo

05 de agosto de 2010 | 00h00

Para incentivar a participação, o juiz oferece em troca o benefício da suspensão temporária do processo. Além de frequentar as aulas, o réu não pode reincidir, ausentar-se da cidade sem avisar nem frequentar lugares de "má reputação" por dois anos. Cumpridas as condições, ele tem a ficha limpa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.