Cunhado do ministro Paulo Bernardo, ex-jogador Pedrinho Rotiroti é assassinado em Ribeirão Preto

Dois adolescentes, um de 14 e outro de 17 anos, balearam o empresário, que reagiu a um assalto

Gustavo Porto, O Estado de S. Paulo

21 de agosto de 2013 | 19h23

 O empresário e ex-jogador de futebol José Pedro Rotiroti, de 56 anos, cunhado do ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, foi assassinado na tarde desta quarta-feira (21) por dois adolescentes, um de 14 anos e outro de 17, ao reagir a um assalto em Ribeirão Preto (SP). Segundo as primeiras informações da Polícia Militar, Pedrinho, como era conhecido, estava em veículo Saveiro e foi abordado na alça de acesso do Anel Viário Sul à avenida Caramuru.  Ele foi baleado na cabeça e ainda teve o corpo jogado às margens da rodovia.

Após acionada, a PM encontrou o corpo do ex-jogador e, em seguida, o veículo, com o pneu furado. Após o patrulhamento na região do Jardim Progresso, nas proximidades do Horto Municipal da cidade, localizou ainda os adolescentes. Um dos menores confessou o crime e entregou aos policiais um revolver calibre 38 que teria sido utilizada no assassinato.

O caso está sendo registrado na Delegacia da Infância e Juventude de Ribeirão Preto que não deu mais informações sobre o crime.  O ministro Paulo Bernardo confirmou o ocorrido com o cunhado, mas informou que não vai se pronunciar sobre o assunto.

Tudo o que sabemos sobre:
latrocínioRibeirão Preto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.