Cuidado com fotos enganosas

1. Analise bem as fotos que são postadas do imóvel: desconfie de imagens que mostram apenas detalhes da decoração e não a casa inteira. Se as fotos forem feitas por um profissional do site e não apenas pelo proprietário, mais garantia de serem "isentas". Fuja de apartamentos ou casas com fotos apenas da área externa ou da paisagem.

O Estado de S.Paulo

16 de dezembro de 2012 | 02h05

2. Mesmo usando um site como mediador do negócio, tente, se possível, entrar em contato direto com o proprietário e conhecê-lo (mesmo que virtualmente) antes de fechar negócio. Peça telefone, e-mail, fotos e dicas do local. Também é importante ficar a par das regras, proibições ou restrições do prédio ou condomínio, se for o caso.

3. Fique atento às taxas de faxina do imóvel, ao seguro-aluguel e à comissão do site que fez o intermédio do negócio. Tudo isso pode encarecer o preço geral da estadia. Também coloque na conta gastos com supermercado.

4. Em sites que dão nota ao imóvel ou ao proprietário, leia com atenção as resenhas e faça um "filtro" nos problemas: não poder levar cachorro para a casa ou apartamento pode ou não ser um problema para você. Mas, se o local for barulhento à noite, certamente será um incômodo para dormir.

5. Se for você o anfitrião, tome os mesmos cuidados em obter referências do inquilino. Caso escolha alugar um quarto e permanecer em casa durante a estadia, familiarize-se com os hábitos da pessoa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.