Cubatão tem 400 desabrigados e aulas suspensas

Em estado de emergência por causa do temporal de sexta-feira, Cubatão mantinha na tarde de ontem 400 pessoas no Centro Esportivo Castelão. A enxurrada arrastou casas - especialmente nas encostas da Serra do Mar e nos bairros Água Fria e Pilões.

O Estado de S.Paulo

26 de fevereiro de 2013 | 02h03

Outras 1,1 mil pessoas voltaram para casa. Já as aulas nas 60 escolas municipais - que seriam retomadas hoje - foram suspensas por mais um dia. A prefeitura espera remover até amanhã a lama espalhada pela cidade.

Em São Sebastião, onde Tainá Simões Câmara, de 11 anos, morreu levada por uma enxurrada na sexta-feira, a Defesa Civil interditou cinco casas. Até ontem, pelo menos 20 famílias estavam desabrigadas e 160, desalojadas. / ZULEIDE DE BARROS e REGINALDO PUPO, ESPECIAIS PARA O ESTADO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.