Cruzeiros já lotam Ubatuba e Ilhabela

Praias do litoral norte devem receber mais de 400 mil turistas pelo mar até abril, quando acaba a temporada

REGINALDO PUPO , ESPECIAL PARA O ESTADO , ILHABELA, O Estado de S.Paulo

30 Dezembro 2011 | 03h02

Empresários de Ilhabela e Ubatuba, no litoral norte de São Paulo, estão sorrindo à toa com a chegada da temporada dos cruzeiros marítimos. As duas cidades juntas devem receber mais de 400 mil turistas vindos dos navios, um número que não para de crescer a cada ano. Projeções feitas pelas prefeituras de Ilhabela e São Sebastião, também no litoral norte, mostram que até o próximo mês de abril os dois municípios deverão ter cerca de R$ 46 milhões injetados em sua economia apenas com turistas provenientes das embarcações.

Só Ilhabela, que se transformou em rota de navios de passageiros no ano 2000, aguarda cerca de 370 mil turistas marítimos até o término da temporada, em abril. A demanda é tanta que a pequena cidade de 30 mil habitantes já recebeu quase metade da sua população em um só dia - foram três navios ao mesmo tempo, totalizando 12 mil passageiros. Ubatuba, no mercado há apenas três anos, espera 35 mil turistas em cruzeiros.

O prefeito de Ilhabela, Antonio Luiz Colucci (PPS), afirma que os ganhos turísticos da cidade com os cruzeiros é maior do que a simples parada diária dos navios. "A visita de um dia serve como um aperitivo, já que a maioria dos turistas acaba voltando em outra oportunidade para ficar mais tempo em Ilhabela", completa.

Segundo o prefeito, a ideia é estender ainda mais a temporada nos próximos anos até maio, data utilizada como padrão no Brasil. "Além de esse tipo de turismo gerar economia para a cidade, ele não sobrecarrega o sistema viário e as balsas, já que os turistas chegam e voltam pelo mar", explica.

Em Ubatuba, as 18 escalas previstas na atual temporada são tímidas, em comparação com Ilhabela. Mas o mercado já dá sinais de aquecimento. Na última semana, pela primeira vez, a cidade recebeu dois navios em um só dia. "Cada turista gasta em média R$ 50 em terra. Estimamos que até abril os passageiros devam injetar cerca de US$ 1,5 milhão no comércio local", prevê o presidente do Ubatuba Convention & Visitors Bureau, Luiz Felipe Azevedo.

Primeira viagem. O dentista Stephan Poubel e a funcionária pública Isabela Poubol experimentaram pela primeira vez uma viagem de cruzeiro. "Adoramos, é um hotel luxuoso em alto mar", conta Stephan. "Planejamos a viagem durante seis meses e acabamos trazendo toda a família, de 15 pessoas", disse Isabela.

O casal, de Barbacena, Minas Gerais, embarcou no Rio no navio Costa Pacífica e visitou Salvador (BA) e Ilhéus (BA). Na noite da última quinta-feira, o navio, que parou em Ilhabela, seguiria para Santos e depois retornaria ao Rio.

O Costa Pacífica desembarcou em Ilhabela cerca de três mil passageiros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.