Cronograma da Nova Luz já está atrasado

Quem comparecer hoje à tarde à inauguração do Espaço Projeto Nova Luz, na cracolândia, região central de São Paulo, não encontrará nenhuma referência ao plano de revitalização da área contratado pela Prefeitura há 142 dias. A única medida visível do projeto de concessão urbanística é uma mostra de fotografias sobre a região.

Tiago Dantas, O Estado de S.Paulo

06 de novembro de 2010 | 00h00

De acordo com o cronograma divulgado pelo prefeito Gilberto Kassab (DEM) em junho, propostas para a região deveriam ter sido apresentadas à população no mês passado.

O Consórcio Nova Luz entregou um pré-projeto para a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano na primeira semana de outubro e técnicos verificam se a proposta está dentro das diretrizes da Prefeitura. A pasta garantiu, por meio de nota, que "assim que os ajustes finais estiverem prontos será dado início à etapa da consulta pública".

A ideia é que o material esteja disponível no Espaço Projeto Nova Luz, um prédio de seis andares na Rua General Couto de Magalhães, 381, assim que a exposição de fotos terminar.

Comerciantes da Rua Santa Ifigênia dizem que a falta de comunicação os motivou a entrar com uma ação judicial contra a operação. "Se você não sabe o que vai acontecer com a região, você não investe", afirma o diretor da Associação dos Comerciantes da Santa Ifigênia, Paulo Garcia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.