Crônica de uma separação

O simples fato de ter ido às urnas de mãos dadas com Nicolas Sarkozy não quer dizer nada. Carla Bruni pode muito bem ter votado na esquerda, a quem sempre foi simpática, sem que isso signifique, necessariamente, que a primeira-dama esteja traindo o marido de centro-direita. Os franceses é que só pensam nisso! E, pelo que se ouvia na boca de urna das eleições regionais de domingo, nove entre dez parisienses apostam que o casamento do presidente vai acabar antes de seu governo.

, O Estadao de S.Paulo

16 Março 2010 | 00h00

A imprensa britânica também está certa da separação iminente. Na última sexta-feira, bastou Sarkozy dar um pulinho em Londres sem a patroa para os jornais circularem com três versões motivadoras de um hipotético divórcio:

1)Ele a trai;

2)Ela o trai;

3)Eles se traem.

Ela mais que ele, a julgar pelo vestido sem sutiã que virou notícia na semana passada, em meio a rumores de um caso com o cantor Benjamin Biolay. Todos negam, mas ninguém lhes dá ouvido. Ainda bem que aqui no Brasil a imprensa é mais respeitosa com a privacidade da primeira-dama. Se bem que - pelo sim, pelo não - Lula levou a dele para o Oriente Médio no domingo.

Promessa é dúvida

Até o fechamento desta edição, Lula ainda estava tentando encontrar uma brecha na sua agenda oficial em Jerusalém para depositar o bilhetinho com os pedidos

de Sérgio Cabral no Muro das Lamentações. O presidente, como se sabe, prometeu ajudar o Rio na guerra entre Estados pelos royalties do petróleo.

Pinta de campeão

A grande novidade na abertura da temporada 2010 da Fórmula 1 foi o 10º lugar de Rubinho Barrichello no GP do Bahrein. É o tipo da corrida que o piloto brasileiro costuma terminar em sexto.

Mal comparando

Perto da imagem na TV do lateral Roberto Carlos chupando o dedão para comemorar seu primeiro gol no Corinthians, o gesto consagrado por Robinho parece mesmo coisa de criança quando praticado pelo atacante do Santos.

Será o Benedito?

Entre as inúmeras cartas que tem escrito na cadeia, José Roberto Arruda teria numa delas se oferecido a Manoel Carlos para gravar um testemunho pessoal para a série de depoimentos sobre "superação" exibida ao final de cada capítulo

da novela Viver a Vida.

Lei da compensação

Para viabilizar economicamente a Olimpíada de 2016 sem a ajuda que se esperava dos royalties do petróleo, o Rio estuda a possibilidade de cobrar pelo ingresso de visitantes em suas praias.

Só gente boa!

Adriano passou o dia de ontem pendurado no celular. Atendeu pra mais de 30 "pessoas ruins" querendo agradecer a mensagem na camiseta do jogador, pedindo a Deus perdão para esse tipo de gente.

Tutty Vasques escreve todos os dias no portal, de terça a sábado neste caderno

e aos domingos no "Aliás"

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.