Criminosos tentam executar policial em pizzaria de São Miguel Paulista

Vítima tinha ido ao estabelecimento convidar seu primo para uma festa quando foi atacado

Bruno Lupion, do estadão.com.br,

13 de agosto de 2010 | 06h06

SÃO PAULO - Criminosos tentaram executar um policial militar em uma pizzaria de São Miguel Paulista, zona leste da capital, na noite de quinta-feira, 12. Ele foi baleado várias vezes e permanecia internado em estado grave até a manhã desta sexta-feira, 13.

 

A vítima é primo do dono da pizzaria e tinha ido ao local convidá-lo para uma festa na quadra da escola de samba Vai-Vai nesta sexta-feira. Segundo o proprietário do estabelecimento, o policial toca cavaquinho e disputa o concurso para escolha do próximo samba-enredo da escola.

 

Os criminosos - em número ainda desconhecido - chegaram por volta das 20 horas, entraram na pizzaria e tentaram executar a vítima, de 36 anos, com vários tiros. Um homem de 30 anos que estava no local também foi atingido na perna e um dos entregadores, que escapou ileso, teve seu moletom perfurado por uma bala.

 

O policial militar foi encaminhado ao Hospital Tide Setúbal, e o crime registrado no 22º DP (São Miguel Paulista).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.