Criminosos roubam R$ 2 milhões em tablets e notebooks no Aeroporto de Guarulhos

Grupo que chegou de caminhão invadiu o terminal de cargas e rendeu funcionários

Renato Vieira, O Estado de S. Paulo

30 Setembro 2013 | 07h24

SÃO PAULO - Dez homens armados invadiram o terminal de cargas do Aeroporto Internacional de Guarulhos na noite de domingo, 29 e fizeram oito vigilantes reféns para roubar cargas de produtos eletrônicos, cujo o valor total pode chegar a R$ 2 milhões.

O material levado estava sob responsabilidade da  ABSA Cargo, pertencente a TAM Cargo. Por volta das 22h, os criminosos chegaram ao local em um caminhão. Dois deles estavam vestidos com um uniforme de uma empresa de serviços do aeroporto e tiveram a entrada facilitada. Um dos vigilantes foi falar com a dupla de assaltantes disfarçada e foi forçado a deixar que os demais comparsas passassem.

Dois vigilantes e outros funcionários ficaram presos dentro de uma guarita, acompanhados por dois suspeitos. Os demais ladrões foram ao depósito, localizaram as cargas e as levaram para dentro do caminhão. Segundo a delegacia da Polícia Civil do aeroporto, algumas das vítimas foram obrigadas a colocar caixas no veículo usado pelos criminosos. A ação durou meia hora. Os suspeitos fugiram e ainda não foram indentificados.

Um supervisor da empresa, de 39 anos, diz que, entre o material roubado,  foram levadas 59 de tablets no v alor equivalente de R$ 128. A Polícia Civil solicitou vídeos das câmeras de segurança instaladas na área externa do galpão.

A Gru Airport, concessionária do Aeroporto de Guarulhos, afirmou quea a responsabilidade pela segurança do galpão é das companhias áreas e que deverá colaborar as investigações. Segundo a TAM Cargo,  a empresa tomou todas as medidas de segurança e deverá auxiliar o trabalho dos policiais.

 

Mais conteúdo sobre:
guarulhos aeroporto tablets

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.