A agência, que já havia sido explodida duas vezes no ano passado, ficou destruída
A agência, que já havia sido explodida duas vezes no ano passado, ficou destruída

Criminosos rendem moradores e explodem agência no interior

Caso aconteceu em Pereiras, cidade da região de Sorocaba; foi o 11º ataque a caixas no Estado na primeira semana de fevereiro

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

07 Fevereiro 2015 | 11h40

SOROCABA - Doze homens em três carros invadiram a região central de Pereiras, cidade de 7,5 mil habitantes, na região de Sorocaba, no interior de São Paulo, e explodiram três caixas eletrônicos de uma agência do Bradesco, às 2 horas da madrugada deste sábado, 7. Segundo a Polícia Militar, os bandidos portavam armas longas e, durante a ação, renderam os frequentadores de uma lanchonete próxima do banco e obrigaram-nos a se deitarem no chão.

Para intimidar a população, pois havia gente nas ruas, os criminosos deram tiros para o alto com fuzis e espingardas calibre 12. Em seguida, o bando recolheu o dinheiro, entrou nos carros e fugiu. A agência, que já havia sido explodida duas vezes no ano passado, ficou destruída.

Recorrência. Foi o 11º ataque a caixas bancários automáticos nesta primeira semana de fevereiro em todo o Estado. Na sexta-feira, 6, bandidos explodiram duas agências bancárias em Guapiara, sudoeste paulista, e os caixas de um condomínio industrial em Cotia, na Grande São Paulo.

Em dias anteriores, ações semelhantes ocorreram em Cerquilho, Cesário Lange, Guarujá e Ilha Bela. Houve ainda três ataques a caixas eletrônicos na capital. Desde janeiro, já são pelo menos 41 explosões de caixas no Estado.

Mais conteúdo sobre:
ViolênciaSão PauloPereiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.