Criminosos que invadiram banco se entregam na zona oeste de SP

Oito vítimas foram feitas reféns durante o assalto, mas ninguém ficou ferido; sete armas foram apreendidas

Marcela Bourroul Gonsalves, estadão.com.br

25 de agosto de 2011 | 17h17

SÃO PAULO - Doze ladrões que invadiram uma agência do banco Santander na Avenida Presidente Altino, na região do Jaguaré, zona oeste de São Paulo, foram presas no início da noite desta quinta-feira, 25. Eles ficaram por cerca de duas horas dentro do local antes de se entregarem.

 

Segundo informações iniciais da Polícia Militar, haveria apenas seis criminosos no local, mas o número foi corrigido e confirmado o envolvimento de dez homens e duas mulheres na ação. Pelo menos oito pessoas foram feitas reféns, entre eles seis mulheres e dois homens. Foram apreendidos cinco revólveres e duas pistolas com os criminosos, mas ninguém ficou ferido.

  

Atualizado às 20h30.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.