Criminosos mantém reféns por três horas em casa na zona oeste

Vítimas foram liberadas às 18h, após negociação da Polícia Militar com os suspeitos; dois foram presos e duas armas, apreendidas

O Estado de S. Paulo

23 de agosto de 2015 | 19h16

SÃO PAULO - Uma família foi mantida refém por três horas por criminosos na tarde deste domingo, 23, em uma casa na Rua Caramimuã, em Alto de Pinheiros, zona oeste de São Paulo.

Segundo a Polícia Militar, suspeitos invadiram a casa com o intuito de roubá-la. Policiais que faziam o patrulhamento na região perceberam a movimentação, ainda de acordo com a corporação, e tentaram contato com os residentes. Nesse momento, os bandidos fizeram três pessoas como reféns.

O Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) da PM foi acionado e negociou, ao longo da tarde, com os suspeitos. Às 18h, as vítimas foram liberadas e a polícia prendeu dois homens. Duas armas de fogo também foram apreendidas. Ninguém se feriu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.