Google Street View/Reprodução
Google Street View/Reprodução

Criminosos invadem pedreira e levam 324 bananas de dinamite em Guapiara

Polícia acredita que explosivos sejam destinados a quadrilhas especializadas em explodir caixas eletrônicos, carros-fortes e agências bancárias

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

24 de novembro de 2016 | 09h23

SOROCABA - Criminosos invadiram o almoxarifado de uma pedreira e furtaram 324 bananas de dinamite, nesta quarta-feira, 23, em Guapiara, no sudoeste do Estado de São Paulo. A Polícia Civil acredita que os explosivos serão destinados a quadrilhas especializadas em explodir caixas automáticos, carros-fortes e agências bancárias.

A pedreira, de uma mineradora de calcário, fica no bairro Pinheiros, na zona rural, e não tem sistema de vigilância. Os autores do crime arrombaram o depósito que abrigava os explosivos e levaram 18 caixas contendo as dinamites.

Funcionários constataram o furto ao iniciar o turno de trabalho e acionaram a Polícia Militar. Buscas foram realizadas na região, sem sucesso.

Um dia antes, na terça-feira, 22, uma quadrilha usou dinamites para explodir os caixas eletrônicos e o cofre de uma agência do Banco do Brasil, no centro de Guareí, na mesma região.

Durante 20 minutos, os criminosos fizeram disparos a esmo para intimidar polícia e moradores enquanto praticavam o assalto. De janeiro a setembro deste ano, foram registrados 100 roubos a banco no Estado, segundo a Secretaria da Segurança Pública, a maioria com uso de explosivos.

Tudo o que sabemos sobre:
Polícia CivilPolícia Militar

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.