Criminosos explodem cofre central em Bofete e caixas da prefeitura em Turmalina

Na quinta, bando havia atacado agência bancária de Porangaba, região de Sorocaba; vidros quebraram e parte do teto foi abaixo

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

20 de março de 2015 | 18h13

SOROCABA - Bandos armados explodiram e roubaram duas agências bancárias no interior de São Paulo, na madrugada desta sexta-feira, 20.

Em Bofete, na região de Botucatu, os bandidos ignoraram os caixas automáticos e explodiram o cofre central da agência, usando pés de cabras para arrombar a porta da agência. Na fuga, fizeram disparos contra um vigia noturno que passava pela rua. O homem não foi atingido. Os oito assaltantes fugiram pela estrada vicinal que liga a cidade a Porangaba. A Polícia Militar foi atrás do bando, mas ninguém foi preso.

Em Turmalina, na região de São José do Rio Preto, dez homens arrombaram a prefeitura, invadiram o prédio e explodiram dois caixas automáticos que ficam num posto bancário, no andar térreo. A quadrilha estava armada com fuzis e fez disparos para afugentar os moradores que acordaram com o barulho das explosões. O bando fugiu com o dinheiro. De manhã, a polícia recolheu várias cápsulas de munição de fuzil e mais de R$ 20 mil em cédulas que ficaram espalhadas no local. O prédio ficou danificado. Os bandidos fugiram e não foram localizados.

Na quinta-feira, criminosos já haviam atacado com explosivos uma agência bancária de Porangaba, região de Sorocaba. Com a força da explosão, os vidros estilhaçaram e parte do teto foi abaixo. Os seis homens fugiram com o dinheiro. Foi o quinto ataque na cidade em menos de um ano. Em fevereiro deste ano, o governo de São Paulo fez acordo com o Exército e a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) para aumentar a segurança dos equipamentos e melhorar a fiscalização no transporte de dinamite, a fim de reduzir os ataques a caixas eletrônicos.

Tudo o que sabemos sobre:
São PauloBofeteTurmalina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.