Criminosos explodem caixa eletrônico na Grande São Paulo

Alvo foi equipamento no Shopping Park Center, em Guarulhos; na quinta, o governo do Estado discutiu medidas para combater o crime

Felipe Resk, O Estado de S. Paulo

27 Fevereiro 2015 | 08h10

SÃO PAULO - Um dia após o governo do Estado discutir em Brasília normas para endurecer o combate a roubos de caixas eletrônicos, criminosos voltaram a explodir um equipamento na Grande São Paulo, na madrugada desta sexta-feira, 27. Desta vez, o ataque foi a um caixa do lado de fora do Shopping Park Center, em Guarulhos. Antes da fuga, a quadrilha ainda deu tiros de fuzil para cima para comemorar o roubo, segundo informa a Polícia Militar.

Por volta das 2h10, seis bandidos atacaram o equipamento, que pertencia ao Bradesco, na Alameda das Vitórias-Régias, na região do Parque Cecap. A quantia roubada pelos criminosos não foi informada. Quando os policiais militares chegaram ao local, a quadrilha já havia fugido.

Apesar dos disparos de fuzil para o alto, ninguém ficou ferido. Até o momento, nenhum dos assaltantes foi identificado. O caso deve ser investigado pelo 1º Distrito Policial (Centro) de Guarulhos.

Por causa da onda de ataques, o secretário estadual de Segurança Pública, Alexandre de Moraes, se reuniu com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, nesta quinta-feira, 26, para discutir um projeto de lei que aumenta a pena para roubo de caixas eletrônicos com uso de explosivo.

Mais conteúdo sobre:
Violência São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.