Reprodução Google Street View
Reprodução Google Street View

Criminosos explodem agências bancárias no centro de Campos do Jordão

Segundo a polícia, três bancos e uma agência de crédito foram alvos dos bandidos; não há relatos de feridos

Ana Paula Niederauer, O Estado de S.Paulo

24 de dezembro de 2018 | 11h53

Uma quadrilha armada com fuzis explodiu caixas eletrônicos de três agência bancárias, além de uma agência de crédito, na madrugada desta segunda-feira, 24, no centro de Campos de Jordão, interior de São Paulo. Não há relatos de feridos.

Segundo a Polícia Militar, a ação dos criminosos começou por volta das 3h nas agências bancárias do Banco do Brasil, Bradesco, Santander e Sicredi da Avenida Frei Orestes Girardi, na Vila Albernéssia, em Campos de Jordão. 

Ainda de acordo com a polícia, os bandidos fugiram e ainda não foi contabilizado o dinheiro roubado.

Segundo relatos em redes sociais, os bandidos incendiaram veículos para bloquear a rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro, principal acesso para Campos do Jordão.

No início do mês, uma quadrilha armada com fuzis explodiu, de uma só vez, três agências bancárias e levou terror à pequena cidade de Tambaú, no interior de São Paulo. Numa ação ousada, os criminosos incendiaram um trator e fizeram reféns os ocupantes de um ônibus que transportava pacientes. 

No último dia 19, um policial militar foi morto com um tiro de fuzil durante o ataque de uma quadrilha a três agências bancárias em Atibaia, interior de São Paulo. Os criminosos chegaram em dois carros, por volta das 3 horas, armados com fuzis e metralhadoras. As três agências, localizadas na região central, foram explodidas em sequência.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.