Reprodução Google Street View
Reprodução Google Street View

Criminosos explodem agência e levam mais de R$ 40 mil em Ribeirão Grande

Banco fica em frente à base da Polícia Militar, mas o único policial que estava de plantão nada pôde fazer

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

02 Fevereiro 2018 | 11h36

SOROCABA - Um bando armado explodiu dois caixas eletrônicos e o cofre central de uma agência da Caixa Econômica Federal, na madrugada desta sexta-feira, 2, em Ribeirão Grande, no sudoeste paulista. 

Os bandidos fugiram levando entre R$ 40 mil e R$ 50 mil, segundo a Polícia Civil. O ataque aconteceu às 5h15, quando algumas pessoas já saíam para o trabalho. De acordo com a polícia, ao menos cinco pessoas integravam a quadrilha e portavam armas longas, inclusive fuzis, mas não houve disparos.    

A agência fica em frente à base da Polícia Militar, mas o único policial que estava de plantão nada pôde fazer. O motorista de uma ambulância que embarcava pacientes para levar a um hospital da região foi parado por um assaltante encapuzado. O homem ordenou que ele se afastasse do local do assalto. Moradores relatam terem ouvido três explosões. O prédio da agência ficou destruído.      

Os criminosos fugiram em dois carros. Um deles foi incendiado na rodovia que liga a cidade a Itapeva. A polícia fez cercos na região, mas até as 11h, nenhum suspeito tinha sido preso. Foi o segundo ataque com explosivos a bancos da cidade, de 7,4 mil habitantes, que tem apenas duas agências. A do Bradesco foi explodida em 2015.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.