Polícia Civil
Polícia Civil

Criminosos bloqueiam estrada e disparam 37 tiros de fuzil em carro-forte

Crime aconteceu na Rodovia Bungiro Nakao, entre Piedade e Ibiúna; motorista do veículo conseguiu fugir e não ficou ferido

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

16 de julho de 2019 | 09h46

SOROCABA - Criminosos incendiaram um carro para bloquear uma rodovia e atiraram ao menos 37 vezes com fuzis na tentativa de assaltar um carro-forte, na noite desta segunda-feira, 15, entre Piedade e Ibiúna, no interior de São Paulo. O motorista do veículo blindado conseguiu romper o cerco e frustrou o assalto. O carro-forte da Protege ficou crivado de tiros, mas só parou quando chegou à delegacia da Polícia Civil de Piedade. Ninguém ficou ferido.

A tentativa de assalto deixou em pânico os motoristas que transitavam pela Rodovia Bungiro Nakao (SP-250). O carro incendiado pelo bando sobre a pista, no km 84, bloqueou a passagem e formou um congestionamento no local.

Quando o carro-forte se aproximou dos carros parados, foi atacado a tiros pelos ocupantes de dois veículos. O motorista conseguiu manobrar e fugiu pelo acostamento, em sentido contrário.  

Os bandidos atiraram dezenas de vezes contra o carro-forte, tentando atingir um motor. Quando o carro-forte em fuga se aproximou da área urbana de Piedade, os criminosos desistiram da perseguição. A polícia contou 37 marcas de tiros no blindado. Algumas das marcas eram de fuzil de calibre ponto 50, de alto impacto. A Polícia Militar montou um cerco na região. Até a manhã desta terça-feira, 16, nenhum suspeito tinha sido preso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.