Divulgação
Divulgação

Criminosos armados com fuzis explodem banco em Cerquilho

Grupo fez disparos contra base da PM, destruiu cofre do Banco do Brasil e assustou moradores da cidade do interior de São Paulo

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

07 Julho 2016 | 11h09

SOROCABA - Uma quadrilha portando armas longas ocupou a região central de Cerquilho, no interior de São Paulo, fez disparos com fuzil contra uma base da Polícia Militar e explodiu o cofre de uma agência do Banco do Brasil, na madrugada desta quinta-feira, 7. A ação acordou e assustou os moradores.

Os suspeitos chegaram em dois carros e arrombaram a porta da agência. 

Em seguida, os moradores ouviram três explosões. Enquanto um grupo carregava o cofre para um automóvel, os ocupantes do outro carro atiravam contra a unidade policial.

Segundo testemunhas, os criminosos fugiram em direção à Rodovia Marechal Rondon. Ninguém foi preso. O valor roubado não foi informado. 

Foi o terceiro ataque a bancos da cidade neste ano. Em abril, criminosos explodiram caixas eletrônicos da mesma agência e, na fuga, trocaram tiros com policiais militares. Em fevereiro, outro banco da cidade foi atacado com uso de explosivos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.