Criminoso do PCC é preso com armas da PM na zona leste da capital

Ao tentar fugir de blitz carregando uma mochila com 5 pistolas, bandido sofreu acidente

Ricardo Valota, O Estado de S.Paulo,

04 de setembro de 2012 | 04h33

SÃO PAULO - Um criminoso identificado como Evaldo Neris Santana, de 31 anos, suspeito de integrar a facção Primeiro Comando da Capital (PCC), foi preso, às 21 horas de segunda-feira, 3, em posse de cinco armas, quatro delas da PM, ao tentar escapar de uma blitz e se envolver em um acidente na Avenida Calim Eid, no Jardim Popular, região da Penha, na zona leste da capital.

 

Com Evaldo, os policiais encontraram cinco pistolas calibre ponto 40, quatro delas com o brasão da PM. O bandido estava em uma motocicleta e tentou fugir ao visualizar uma blitz da PM. Os policiais perceberam e iniciaram a perseguição. Evaldo perdeu o controle da moto e bateu contra um veículo de passeio, sofrendo fratura exposta em uma das pernas. Os policiais encaminharam Santana para o Hospital Municipal Doutor Cármino Caricchio, do Tatuapé.

 

As armas, possivelmente roubadas, estavam dentro da mochila carregada pelo criminoso. A polícia agora irá apurar a participação de Evaldo em casos de assassinato de policiais militares ou roubos praticados contra PMs. Santana foi autuado em flagrante no 24º Distrito Policial, da Ponte Rasa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.