Criança se afoga em piscina no Morumbi

Um menino de 6 anos morreu afogado em uma piscina ontem à tarde no Morumbi, zona sul de São Paulo. Ele estava com a mãe, que trabalha como empregada em uma casa da Rua Ramos de Almeida. O menino não sabia nadar e caiu na piscina quando a mãe não estava perto.

TIAGO DANTAS, O Estado de S.Paulo

22 de agosto de 2012 | 03h01

A mulher contou que, por volta de 13h, após dar almoço ao garoto, pediu que ele fosse a um dos quartos. No entanto, o menino parou na piscina e caiu na água. "Foi um acidente mesmo. O garoto deve ter visto uma bola ou alguma coisa que chamou sua atenção e acabou caindo", relata a delegada Lygia Giacomatti Pimentel, que registrou a ocorrência no 34.º DP (Vila Sônia). "A mãe estava devastada. Ela disse que não ficou nem cinco minutos sem prestar atenção nele."

A PM e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram chamados assim que a mãe notou o acidente. As viaturas chegaram minutos depois, mas, segundo a PM, os médicos constataram que ele já estava morto.

Um inquérito de homicídio culposo (sem intenção) foi instaurado. Em casos como esse, a Justiça pode aplicar o chamado "perdão judicial". "A perda do filho é a maior pena que essa mãe pode receber", diz a delegada Lygia.

Os afogamentos são a segunda causa mais comum de morte acidental entre crianças de 1 a 14 anos, atrás só de ocorrências no trânsito. Em 2010, 1.184 crianças morreram afogadas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.