Criança morre em incêndio que atingiu casa na zona leste

Menina de um ano e quatro meses dormia sozinha no quarto; fogo pode ter sido provocado por uma vela acesa pela mãe, diz SSP

Felipe Resk, O Estado de S. Paulo

20 Dezembro 2014 | 17h11

SÃO PAULO - Uma criança de um ano e quatro meses morreu após um incêndio atingir a casa onde morava, na zona leste da capital paulista, na noite desta sexta-feira, 19. Sozinha no quarto, Aycha Souza Vieira dormia quando as chamas começaram.

A principal suspeita da Polícia Civil é que uma vela tenha provocado o incêndio. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), havia faltado luz na Rua Vilafranca, na Vila Carmosina, e a mãe da criança, então, resolveu acender uma vela para iluminar o quarto da filha.

Por volta das 21h25, a mãe foi buscar outras velas com os vizinhos. Foi quando o fogo começou. O Corpo de Bombeiros foi acionado e conteve as chamas. Quando conseguiram entrar na casa, no entanto, os oficiai já encontraram a menina morta.

Em estado de choque, a mãe foi levada para o Hospital Professor Dr. Waldomiro de Paula, também na zona leste. Os policiais requisitaram perícia do Instituto de Criminalística. O caso foi registrado no 63º Distrito Policial (Vila Jacuí), como incêndio culposo.

Mais conteúdo sobre:
Incêndio São Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.