Criança é baleada em troca de tiros entre policiais e suspeitos

Tiroteio aconteceu na Zona Leste da Capital; vítima foi atingida no maxilar e não corre risco de morte

Elvis Pereira, Agência Estado

12 de julho de 2008 | 14h18

O garoto M.F.S.M., de 12 anos, acabou baleado na tarde de sexta-feira, 11, durante um tiroteio entre policiais militares e dois suspeitos na Favela Vila Prudente, na zona leste da capital paulista. Atingido na região do maxilar, ele teve de ser submetido a uma cirurgia no Hospital da Vila Alpina, mas, segundo a PM, não corre risco de morte. Também foi alvejado um soldado da PM, que ficou levemente ferido no abdome.  Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), os dois PMs contaram que faziam o patrulhamento da região em motocicletas quando avistaram um jovem vendendo drogas e se aproximaram dele. O suspeito teria começado a atirar contra eles e fugir. Outro homem teria surgido, também efetuando disparos. Os PMs reagiram, mas caíram das motos. Os acusados escaparam.  Em seguida, a polícia prendeu Marcos de Souza Santos com cerca de sete quilos de drogas, entre pasta de cocaína, crack, maconha, e 16 munições de calibre 9 mm e 8 de calibre .380. Em nota, a PM informou que "a origem do ferimento do menor será esclarecida". Os dois policiais envolvidos foram apresentados à Corregedoria. Um inquérito foi aberto para a apuração do caso.

Tudo o que sabemos sobre:
bala perdidapolíciasão paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.